2 de set de 2011

Às vezes a vida engole a poesia e, tornada poema, se estende infinita.
Deseja as alturas pelo simples prazer de encompridar.